in

CuteCute OMGOMG WTFWTF

Cheirar pum do parceiro prolonga sua vida e evita muitas doenças; confira


Tudo o que fazemos, mas ninguém aceita, é uma função perfeitamente normal e natural do nosso corpo que nos causa vergonha que se origina nas profundezas do nosso ser (literalmente). Afinal, se você nunca deixar um peido escapar, você vai acabar no hospital.

Embora visto que é compreensível que é algo tido como um tabu, como o resto das funções excretoras do nosso metabolismo, pois afinal de contas, é desagradável, cheira mal e não é algo que faz você parecer mais atraente na frente do sexo oposto. 

Mas talvez não seja tão ruim “deixar um pum escapar” pelo menos quando você está com seus entes queridos, e é isso que um novo estudo científico diz, garantindo que os componentes dos nossos gases podem ajudar a combater doenças e até mesmo prolongar nossas vidas. Aqui apresentamos os detalhes:



Aparentemente gases expelidos da parte de trás podem aumentar a longevidade 

Embora possa parecer uma piada de mau gosto, é um achado científico sério que encontrou uma grande correlação entre estar exposto a esses gases e um aumento significativo na expectativa de vida das pessoas.

A descoberta surpreendeu a comunidade científica 

O aumento da expectativa de vida é semelhante ao experimentado por pessoas que mudaram seu estilo de vida em áreas como dieta balanceada, atividade física ou abandono de vícios como o fumo.

O responsável é o sulfeto de hidrogênio um dos componentes dos gases intestinais 

AJ Troiano, um dos pesquisadores afirmou que não são os micróbios responsáveis ??pelo cheiro, mas esta molécula. Aparentemente, este produto químico tem inúmeros efeitos benéficos sobre o corpo.

Um estudo da Universidade de Exeter descobriu que eles ajudam a reduzir o risco de câncer, demência, ataques cardíacos, artrite e ataques cardíacos. 

Os resultados parecem indicar que o sulfeto de hidrogênio ajuda as células a lutar contra várias doenças. Embora tenham esclarecido que em altas doses pode ser perigoso, mas não há risco de morrer por inalar os gases de outra pessoa.

Quando as células são “estressadas” por uma doença, elas usam enzimas para criar naturalmente o sulfeto de hidrogênio. Graças a isso, as mitocôndrias são preservadas, a produção de sangue aumenta e a inflamação é regulada. 

Isso poderia explicar por que as pessoas que vivem como um casal tendem a viver mais do que as que moram sozinhas. 

“Você não pode se apaixonar por alguém, se você não consegue soltar um pum na frente dessa pessoa” 

Porque durante a noite (ou mesmo no dia se você tem muita confiança) você não pode evitar sugar os gases que o seu amado expulsa. Então, você sabe, se você realmente ama essa outra pessoa, relaxe e deixe ir o que você tem dentro.

Você soltaria um pum na frente do seu parceiro? 

Você também pode se interessar: 

Se você gostou deste artigo compartilhe em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resumo de ‘O Sétimo Guardião’: terça, 4 de dezembro – Júnior descobre que Luz está noiva de Gabriel e surta

“Eu amo você, mãe”: O milagre que uma mãe testemunhou antes de seu filho dormir para sempre